Oclusão Vascular

Oclusão veia central da Retina

A oclusão da veia central da retina ocorre em pessoas com glaucoma, problemas de coagulação, diabetes mellitus mas principalmente em pessoas com hipertensão arterial sistêmica.

Essa doença pode afetar a visão de várias maneiras: isquemia macular, edema macular e glaucoma secundário (glaucoma neovascular).

A oclusão da veia central, pode ser dividida em isquêmica e não isquêmica. A primeira forma (isquêmica) é a mais rara, entretanto pode levar a cegueira, por isso deve ser tratada precocemente.

O tratamento preconizado é feito através da terapia anti-vegf (antiangiogênico) com Bevacizumab (Avastin), Ranibizumab (Lucentis), Aflibercept (Eylia), Esteróides como Triancinolona e Ozurdex e também pela terapia com Laser.

Alguns exames são utilizados para diagnóstico, os principais são Mapeamento de Retina, OCT (tomografia de coerência Óptica). Angiografia Fluorescente ajuda na avaliação do edema e isquemia.

A melhor forma de prevenção é através do controle clínico dos fatores de risco (como hipertensão arterial sistêmica) e tratamento precoce através de uma avaliação com oftalmologista, mais especificamente com Retinólogo.

Oclusão do Ramo da Veia Central

A oclusão do ramo veia central da Retina ocorre em pessoas com glaucoma , problemas de coagulação, diabetes mellitus mas principalmente em pessoas com hipertensão arterial sistêmica.

Essa doença pode afetar a visão de várias maneiras: isquemia macular, edema macular e glaucoma secundário (glaucoma neovascular).

A oclusão da veia central, pode ser dividida em isquêmica e não isquêmica. A primeira forma (isquêmica) é a mais rara, entretanto pode levar a cegueira, por isso deve ser tratada precocemente.

O tratamento preconizado é feito através da terapia anti-vegf ( anti-angiogênico) com Bevacizumab ( Avastin), Ranibizumab ( Lucentis ), Aflibercept ( Eylia), Esteróides como Triancinolona e Ozurdex e também pela terapia com Laser.

Alguns exames são utilizados para diagnóstico, os principais são Mapeamento de Retina, OCT ( tomografia de coerência Óptica). Angiografia Fluorescente ajuda na avaliação do edema e isquemia.

A melhor forma de prevenção é através do controle clínico dos fatores de risco ( como hipertensão arterial sistêmica) e tratamento precoce através de uma avaliação com oftalmologista, mais especificamente com Retinólogo.

Oclusão artéria central da Retina

A oclusão da artéria central da retina ocorre de forma mais comum em pessoas com problemas cardíacos, principalmente em pacientes com hipertensão arterial sistêmica.

Essa doença pode afetar a visão de forma irreversível.

Manobras para deslocar o êmbolo, como massagem ocular, hipotonia  e cirurgia de urgência são os principais métodos de tratamentos mas raramente melhoram a visão.

Não existe dessa forma um tratamento que seja eficaz . A melhor forma de prevenção é através do controle dos fatores de risco como hipertensão arterial sistêmica e cardiopatias.

Importante que os pacientes que apresentem esse tipo de doença devem ser submetidos a uma avaliação cardiológica minuciosa.

Alguns pacientes evoluem com melhora da visão central , mas permanecem com perda de campo visual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre Nós

Centro especializado em saúde dos olhos Adulto e infantil, exames e cirurgias

Informações

Endereço
CENTRO: R. Sete de Setembro, 43 5o andar – Centro, Rio de Janeiro – RJ
Telefones
21 3717-0490
21 99646-1009

Rolar para cima